• @_partilha

Um ano de pandemia e se isso durar pra sempre?



Há um ano escrevíamos “vai passar!”. A verdade é que muita coisa passou, principalmente o tempo. Os dias correram em um misto de rapidez e lentidão que chega a ser assustador. Nos acostumamos com o “novo normal” e talvez aí tenha sido o momento em que tudo deu errado. Voltamos aos poucos a sair de casa, mas seguimos vivendo um - que parece eterno - vai e volta. Muitas vezes, nem os gráficos faziam sentido. Do dia pra noite tudo mudava e, nós, que acreditávamos que tudo logo ia passar, fomos nos adaptamos.


Quer dizer, nem todos nós. Talvez seja possível dividir nossos leitores em dois públicos macros: os que se adaptaram e aqueles que pararam no tempo e seguem em março de 2020, esperando que tudo passe para retomarem as suas vidas. Se você é desse segundo grupo, segue lendo o nosso texto do mês, é provável que ele faça muito sentido com o que você está sentido.


Angústia, insônia, relação desregulada com a comida, alteração de peso, isolamento gradativo, alteração de humor… são coisas que a cada mês você sente com mais intensidade. Não é que te falta vontade de sair do lugar, talvez seja só falta de perspectiva ou de motivação.


Mas, a verdade é que está na hora de encararmos que o mundo não parou, ele se adaptou e que parado não é uma opção válida, econômica e emocionalmente falando. Nos últimos meses, temos tido mais contato com quem de fato precisa de ajuda para sair do lugar e por isso fizemos uma lista de coisas que vão te ajudar:


  1. Encare e entenda a realidade como ela de fato é. Tenha coragem para enfrentar os fatos;

  2. Peça ajuda! Não é vergonha assumir que você não consegue sozinho, que precisa de ajuda;

  3. Procure quem pode contribuir de forma profissional com a sua mudança, invista em gente qualificada de verdade para te ajudar a recomeçar sua vida;

  4. Priorize a sua saúde mental;

  5. Veja o sol e se possível se energize com ele - não é conversinha fiada, a ciência comprova a importância do sol para o nosso corpo e energia;

  6. Escolha bem suas referências e o conteúdo que você consome.


Para sair do lugar, o primeiro passo tem que ser seu! Quanto mais tempo você levar para se movimentar, maior vai ser o prejuízo que terá que correr atrás.


A Partilha tem uma série de produtos que podem te ajudar a sair do lugar de inércia que você está. Com um time preparado para ser um impulsionador da sua transformação e adaptação. Quer saber mais? Confira aqui os nossos produtos e entre em contato com a gente. Vamos juntos escrever um novo capítulo da sua história.


Achamos importante ressaltar que não estamos romantizando a situação, ignorando as perdas e desafios e nem defendendo a produtividade acima de tudo! Pelo contrário, esse último ano reforçou a nossa crença de que o ser humano é integral e que precisa cuidar de todas as saúdes para estar bem. E, nós sabemos, saúde é movimento.



12 visualizações0 comentário